Inicial Imóveis para Venda Imóveis para Locação Imóveis para Temporada Contato Sobre o Corretor Vender / Alugar meu Imóvel Pesquisa Completa Financiamento Notícias Parceiros Links Úteis Correspondente Bancário LANÇAMENTOS
 (21) 96932-6203 / (21) 98154-6197
Tradução  

Notícias

30/07/2019
Taxa de vacância de escritórios cai em São Paulo
 
A taxa de vacância de escritórios comerciais de alto padrão da cidade de São Paulo ficou em 23%, no segundo trimestre, de acordo com a consultoria JLL, com queda de 0,1 ponto percentual em comparação ao primeiro trimestre e de 0,3 ponto percentual em relação ao período de abril a junho do ano passado. Conforme a consultoria, foi a terceira redução consecutiva, e há expectativa de continuidade das quedas marginais. O levantamento da JLL apontou que, nas regiões da Faria Lima, do Itaim Bibi, da Juscelino Kubitschek e da Vila Olímpia — áreas nobres da zona Sul da capital paulista —, o indicador que mede os espaços vagos em relação ao total ficou abaixo de 10%, o que indica negociações favoráveis aos proprietários. Na média das regiões primárias (incluindo, além dos quatro mercados, a Berrini/Chucri Zaidan e a Paulista), a vacância foi de 14,7%, patamar considerado de equilíbrio entre proprietários e inquilinos, de acordo com a JLL. A média da taxa de vacância nas regiões secundárias ficou em 31% e, nas regiões alternativas (Alphaville, Barra Funda e Moema), em 21,4%, o que indica negociações favoráveis aos inquilinos, segundo a JLL. No segundo trimestre, foram entregues dois edifícios corporativos, em São Paulo, no total de 26 mil metros quadrados. O preço médio por metro quadrado caiu 1,2% ante o primeiro trimestre, para R$ 88 por mês, conforme a consultoria. Nos cálculos da NewmarkGrubb, a taxa de vacância de São Paulo ficou em 18,8%, no segundo trimestre, sem incluir Alphaville. A absorção bruta somou 43.352 metros quadrados, e a absorção líquida (áreas contratadas menos as devolvidas), 21.272 metros quadrados. O preço médio por metro quadrado ficou em R$ 82,65, abaixo dos R$ 89,8 do primeiro trimestre. Os maiores valores pedidos por metro quadrado foram registrados na Faria Lima (R$ 149), no Itaim Bibi (R$ 132) e na Paulista (R$ 123). Incluindo Alphaville, a vacância ficou em 20,1%, conforme a Newmark, inferior aos 21,5% do trimestre passado. A absorção bruta foi de 47.078 metros quadrados, enquanto a absorção líquida ficou em 17.249 metros quadrados. Alphaville apresentou absorção líquida negativa de 4.023 metros quadrados. Com Alphaville, o preço médio por metro quadrado em São Paulo ficou em R$ 76,33. Levantamento da Cushman & Wakefield apontou que, no mês de junho, a vacância caiu 0,3 ponto percentual, em São Paulo, na comparação com maio, para 21,35%. O preço médio por metro quadrado foi reduzido de R$ 89,24 para R$ 88,51, mas houve aumento nos valores em regiões como Paulista, Juscelino, Faria Lima e Vila Olímpia. A Cushman destaca o aluguel pela rede de televisão CNN de 4.400 metros quadrados, no Brazilian Financial Center, na Paulista, e pela transmissora de energia ISA Cteep de 5 mil metros quadrados no Rochaverá Corporate Towers.
 
 
Fonte: https://informediario.com.br/2019/07/30/taxa-de-vacancia-de-escritorios-cai-em-sao-paulo/
Outras Notícias
30
07
IGP-M desacelera alta a 0,40% em julho, diz FGV
[+] saiba mais
30
07
Marco de gestões petistas, PAC deixará de receber novos projetos
[+] saiba mais
 
Voltar
icone-whatsapp 1

Entrar em contato

 (21) 96932-6203 / (21) 98154-6197

 E-mail: corretorajoelmalima@gmail.com

iniciar atendimento online

www.brcourtiers.com.br © 2019. Todos os direitos reservados.

Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias