Laranjeiras


Laranjeiras

É um bairro da Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro, sendo um dos bairros mais antigos da cidade, com ocupação iniciada no século XVII, com a construção de chácaras no vale ao redor do Rio Carioca, que desce do Corcovado, no Alto da Boa Vista. Por isso, o bairro também foi anteriormente chamado de Vale do Carioca. Estão situados em Laranjeiras o Palácio Guanabara, sede do Governo do Estado do Rio de Janeiro, o Palácio Laranjeiras, residência oficial do Governador do Estado do Rio de Janeiro, o Parque Guinle, o Fluminense Football Club, é sede do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, o BOPE, e a Sede Administrativa na cidade da Força Nacional de Segurança. Bairro tipicamente residencial, de classe média alta e classe alta,[4] relativamente extenso e diverso no ponto de vista geográfico, tem a Rua das Laranjeiras como a sua principal via, a qual começa no Largo do Machado e termina nas imediações do Túnel Rebouças, já com outro nome: Rua Cosme Velho. No século XIX, foram surgindo, na região, chácaras rústicas e luxuosas ocupadas por fidalgos, homens ricos e movidas a trabalho escravo. A presença da Princesa Isabel no palacete da Rua Guanabara, atual Rua Pinheiro Machado, contribuiu para o seu crescimento, haja vista que o principal caminho de acesso ao palacete imperial, atual Palácio Guanabara, era a Rua Paissandu, que foi ornamentada pela princesa com palmeiras-imperiais existentes até os dias de hoje. O bairro de Laranjeiras abrigou durante muito tempo, construções muito importantes para a história da cidade do Rio de Janeiro e também para o Brasil. Exemplos notáveis, são: o Palácio Guanabara e o Palácio Laranjeiras. Além deles, Laranjeiras abrigou inúmeras embaixadas, no período em que foi capital federal do Brasil. As embaixadas do Japão, da Itália e da Alemanha,por exemplo, estavam localizadas ali. Em 1880, a região sofreu grande transformação com a implantação da Companhia de Fiações e Tecidos Aliança, instalada na Rua General Glicério, fazendo surgir os primeiros comerciantes. A fábrica funcionou até 1938, trazendo ao bairro as primeiras vilas operárias. Os bondes elétricos, criados pela Companhia Jardim Botânico, iam até ao local conhecido como a Bica da Rainha, no Cosme Velho. Ao contrário do que se pensa, o nome do bairro não vem da existência de grandes laranjais na parte baixa do vale do Rio Carioca; coberto em toda sua extensão por extensas chácaras, a montanhosa região do atual bairro lembrava a também acidentada região de Laranjeiras na região mais alta de Lisboa, o que levou à nomeação do bairro carioca[5]. Laranjeiras ainda guarda o charme dos bairros marcados pelo passado e foi o endereço de nobres, escritores, compositores e pessoas ilustres, como Villa-Lobos, Cecília Meirelles, Portinari, Oscar Niemeyer e Roberto Marinho.

Veja nossos imóveis

Carregar Mais Imóveis
Carregando...


Veja outros bairros que amamos

icone-whatsapp 1
Newsletter
Cadastre seu e-mail e receba novidades exclusivas.
Nome: 
E-mail: 
Cidade: 
8482 Repita ao lado:
redesp_facebook.pngredesp_twitter.pngredesp_youtube.pngredesp_linkedin.pngredesp_instagram.png
Financiamento
Links Úteis
Correspondente Bancário
Formulário
Residencial Relier Tijuca
Tour Virtual - Condominio Atmosfera
Joelma Lima
creci 50346
55 (21) 98154-6197
Cep 20521-000
Tijuca Rio de Janeiro - RJ
correotrajoelmalima@gmail.com
www.brcourtiers.com.br © 2021. Todos os direitos reservados.
Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias

Esse site utiliza cookies para garantir a melhor experiência e personalização de conteúdo. Ao continuar navegando, você concorda com nossa Política de Privacidade.